Arquivo do mês: outubro 2012

O Burro e o Carroceiro (Esopo)

Um carroceiro tangia  um burro que, mais do que carregado, mal podia dar um passo; de tão maltratado e exausto o burro sucumbiu ; o carroceiro o esfolou , e vendeu a pele. Fizeram dela um tambor, sobre o qual andaram … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

O Asno e o Cachorrinho (Esopo)

Vendo um asno que seu dono acarinhava muito a um cachorrinho, porque este vinha ao seu encontro saudando-o com mimos e caretas, disse a si mesmo: “Se um animal tão pequeno é tão querido do meu amo e da sua … Continuar lendo

Publicado em Crônica | Marcado com , , | Deixe um comentário

A Enguia (Olavo Bilac)

Ao alvorecer, na pequenina aldeia, à beira-mar, padre João, ainda estremunhado de sono, vai seguindo a praia branca, a caminho da igrejinha, que parece ao longe, clara e alegre, levantando no nevoeiro a sua torre esbelta. Lá vai o bom pároco dizer … Continuar lendo

Publicado em Crônica | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Esaú e Jacó – Caso do Burro

Foi o caso que uma carroça estava parada, ao pé da Travessa de São Francisco, sem deixar passar um carro, e o carroceiro dava muita pancada no burro da carroça. Vulgar embora, este espetáculo fez parar o nosso Aires, não … Continuar lendo

Publicado em Crônica | Deixe um comentário

Conto de Escola (Machado de Assis)

A escola era na Rua do Costa, um sobradinho de grade de pau. O ano era de 1840. Naquele dia – uma segunda-feira, do mês de maio – deixei-me estar alguns instantes na Rua da Princesa a ver onde iria … Continuar lendo

Publicado em Crônica | Marcado com , , , , , , | 1 Comentário

A IGREJA DO DIABO (Machado de Assis)

  CAPÍTULO I DE UMA IDÉIA MIRÍFICA Conta um velho manuscrito beneditino que o Diabo, em certo dia, teve a idéia de fundar uma igreja. Embora os seus lucros fossem contínuos e grandes, sentia-se humilhado com o papel avulso que … Continuar lendo

Publicado em Crônica | Deixe um comentário